ALERTA SOBRE CURSOS ON LINE COM PAGAMENTO ANTECIPADO



(Com cópia, via e-mail, à Comunidade Internauta, bem como lista de amigos no Facebook)

Começam a se avolumar os casos de fraudes em cursos que são aplicados via on line, em que o dono do trambique exige pagamento antecipado, seja por cartão, seja boleto, para que o curso fique acessível. Depois de recolhida a grana dos incautos, o esperto, o seu site e o seu curso desaparecem. O pagamento por cartão pode ser parcelado, mas, sabendo-se o quanto é problemático o cancelamento de uma compra, a operação acaba sendo mesmo considerada como pagamento antecipado. As parcelas são pagas pelos alunos diretamente às operadoras, mas o professor sabido recebe o total de uma vez e antecipadamente.
O mais seguro, mais racional e mais justo é o pagamento mensal do curso via boleto bancário ou mesmo pagamento mensal por cartão de crédito. Nestes casos, perde-se apenas o valor da primeira mensalidade, porque o aluno deixa de pagar as subsequentes, mas não se perde o valor total que teria pago antecipadamente pelo curso.
Segue abaixo mensagem que enviei ao dono de um desses cursos — phpdozeroaoprofissional — que, por incorrer na mesma exigência absurda, deve ser visto como coisa suspeita.
Enviando cópia ao grupo Comunidade Internauta, exortando que seja repassada às respectivas listas de amigos.
Anselmo Cordeiro.



Bonieky,
Ou estás fazendo-te de desentendido, ou és um estranho caso de analfabeto funcional (que lê, mas não entende), ou, na melhor das hipóteses, não recebeste a minha resposta à uma das tuas desesperadas mensagens garimpeiras de alunos. Vez que esta é a opção mais provável, vamos lá de novo:
1º) — Não consigo conceber esse absurdo de pretenderes que existam tantos imbecis, capazes de pagarem, à vista e antecipadamente, via boleto bancário, por um produto cuja eficiência reside apenas em retórica vazia e em depoimentos suspeitos. O mesmo se aplica ao pagamento em parcelas via cartão de crédito, vez que, se o infeliz constatar que entrou numa fria, jamais conseguirá cancelar a compra junto à operadora de cartões, a não ser que ele tenha disposição para percorrer um calvário judicial para obter o cancelamento. Ainda que argumentes que devolverás os valores pagos caso o aluno desista, nem isto te dá o suposto direito torto de tentar empurrar o teu peixe, porque, além de os consumidores estarem já bem vacinados contra essa engambelação ordinária, há a opção de pagamento mensal, seja por cartão, seja por boleto, que já deverias ter adotado no teu negócio, ainda mais considerando que a forma de pagamento por boletos mensais é infinitamente mais segura que via cartão.
2º) — Por favor, poupa-me daquelas desculpas esfarrapadas e lacunosas, para tentares justificar o teu desprezo pelo pagamento mensal via boleto ou mesmo via cartão; ainda mais se considerarmos que, em tempo de crise, é rematada estupidez fechar a importante porta de receita de boletos bancários, onde residem milhares de pessoas que, por medida de segurança, não compram nada via cartão nem em sites do Céu, bem como milhares de tantas outras que, por conta de restrições de crédito (SPC e SERASA), não têm acesso a cartões de crédito. Se essa conduta de desdém em relação aos boletos ou pagamentos mensais não constitui burrice pura e simples, só pode ser má-fé, na medida em que, por provável hipótese, sabendo tu que o teu produto não alcançará os objetivos prometidos, tratas de arrebanhar o máximo possível de alunos, para, depois de encheres a tua bolsa com o dinheiro dos incautos, dar-lhes um magnífico “pé na bunda”.
Quando (e se) aplicares o pagamento do curso via boletos mensais, ou débito direto em conta-corrente, ou mesmo pagamentos mensais via cartão, volta a contatar-me, para, a partir de então, eu poder estudar melhor a possibilidade de frequentar um dos cursos que ofereces.
Anselmo Cordeiro.

Qualibest

SKYPE ME

Meu status